Google: O Império Ataca

Por Vinicius Paes - 16 abr 2009

Apesar de alguns rumores sobre um desempenho mais fraco, o Google no ano de 2008 cresceu ainda mais. Saiba mais sobre as estratégias do Google e dos seus concorrentes na briga pelo mercado.

Google: Um Império Engolindo os Mercados de Search Engines, SEO e Publicidade Online

copyright Lucasfilm Ltd.

Há algum tempo devido a crise Americana, vem circulado rumores na Internet de que o todo-poderoso Google estaria passando por dificuldades financeiras sérias.

Esses rumores foram sustentados por alguns fatos tais como a veiculação de novas propagandas em sites do Google que oficialmente não tinham ads, tais como o Orkut, Gmail e até mesmo o Youtube.

Sim, são fatos concretos, mas podem indicar também uma mudança de postura e não dificuldades financeiras, afinal o Google é uma empresa que gera empregos e paga impostos, precisa de lucro.

Mas voltando ao foco inicial, o Google ( apesar dos rumores acima ) continua a sua campanha rumo a conquista dos mercados de SEO e Search Engines. Segundo o Search Engine Journal, em uma matéria do dia 12 de Abril recente, o Google cresceu acima das espectativas no ano de 2008, totalizando um ganho de +16,7%. Somando essa porcentagem de crescimento ao tamanho que o Google já tinha nestes mercados, agora ele acumulou a mísera quantia de 64,2% do mercado de Search Engines, SEO e publicidade online.

Yahoo!, Microsoft e AOL: Os Rebeldes Contra-Atacam

Yahoo!, Microsoft e AOL: os pequenos também tem poder...

Mas a guerra não esta ganha. Entre os “pequenos” temos ainda dois concorrentes bem fortes do Google: Yahoo! através do seu sistema de busca e de publicidade online e também a Microsoft com o seu MSN Search System.

Inclusive temos uma curiosidade: há algum tempo essas duas empresas vem planejando uma união estratégica para balançar o Império do Google. Embora tenha tido um crescimento pífio em comparação ao Google no ano de 2008, apenas 0,3%, o Yahoo! vem se mantendo firme como o segundo maior sistema de busca e publicidade online da Internet mundial. 0,3% pode ser pouco, mas comparado aos outros pequenos que tiveram perdas de mercado, até que é um bom resultado.

Caso Yahoo! e Microsoft enfim realizem a sua fusão, teremos um novo concorrente que enfim vai ser capaz de ser uma ameaça real ao Google. Juntos eles teriam quase 25% do mercado ( pela primeira vez em mais de 10 anos, teriamos um concorrento do Google com tamanho maior que 20% do mercado ).

A America Online ( AOL ) uma empresa super-tradicional e muito forte do mercado Americano também está dando alguma cartadas. Apesar de ser menor que o Yahoo! e Microsoft, a AOL vem crescendo mais, foram 6,6% no ano passado. A AOL também na sua estratégia de reestruturação vem realizando importantes pesquisas, na área de busca semântica e também contratando alguns figurões de peso tais como o seu novo CEO Tim Armstrong que saiu diretamente do Google para a AOL.

Google e os Novos Mercados

Enquanto os seus concorrentes brigam e dão tiros pelo mercado Web, o Google do alto da sua primeira posição folgada, se sente a vontade para expandir seus domínios para além do mundo virtual. Hoje em dia o Google já não é mais uma simples empresa pura de internet, vem se destacando também pelas atuações e parcerias estratégicas com empresas tais como a NASA. O Google também tem investido em energia ( isso mesmo !! ), desenvolvendo o sistema Android para celulares e também sendo o principal expositor da Cloud Computing ( computação nas nuvens ).

Sobre o Autor:
Autor
Mestre em Ciência e Tecnologia da Computação pela Universidade Federal de Itajubá, e fascinado pelo desenvolvimento em diversas tecnologias web. É possível encontrá-lo pelo Twitter, Facebook e Google+.

7 Comentários

  1. Vinicius disse:

    Olá Buno, bem colocado, seria bom o Google ter um bom concorrente para não relaxar na qualidade de seus serviços e virar uma Microsoft que há muito reinou na era digital, abs!

  2. É, o que dizer do Google? rs
    É uma potência incontestável e que tende a crescer cada vez mais.
    Se está sofrendo com a crise não posso dizer… mas que tem grandes chances de tirar proveito disso… ah, isso tem, pois o Google usa de estratégias inteligentes até mesmo para lucrar sobre algo como uma crise financeira mundial.

  3. Bruno Brizzi disse:

    Vinicius!
    Concordo plenamente! Os concorrentes são sempre bem vindos em todos os campos, e quem sempre ganha são os consumidores. Tanto em melhoria contínua em serviços, quanto em outros benefícios! Particularmente, em SEO seria bem interessante um concorrente a altura do Google, para tornar a internet um meio mais democrático e com opções aos usuários e aos especialistas em otimização de sites ! Abraços

  4. Bruno Brizzi disse:

    Criação de Sites!
    Realmente é difícil verificar alguma falha, ou um concorrente a altura no google. Uma empresa sempre pró-ativa buscando novas tendências que nem os consumidores conseguem acompanhar. Seu posicionamento estratégico também é muito eficiente.

  5. michael disse:

    todo mundo gosta do google não é a toa que é uma super potencia !!!!
    so faltam dar mais atenção pro Orkut e tirar aquele Beta

  6. Cristian disse:

    Olá, muito bem colocado seu artigo, mas tenho uma dúvida, li em alguns foruns dizendo que o Yahoo no Brasil é mais utilizado que o Google como ferramenta de busca, vc. tem alguma info sobre isso? É verdade esta informação?

  7. Paulo Vasconcelos disse:

    Jamais, ele é lider

Deixe o seu comentário!