Black Hat SEO Parte 1: Keyword Stuffing

Por Vinicius Paes - 11 ago 2008

O Black Hat de Keyword Stuffing ocorre basicamente quando o webdesigner ou profissional de SEO que está desenvolvendo o site propositalemente começa a encher o texto, a title tag, a meta description tag e todos os lugares possíveis de Keywords para que o dado texto ganhe mais “relevância” para os sistemas de busca. Descubra as diferenças entre as diversas modalidades deste black hat e também o que fazer para evita-lo.

Keyword Stuffing: O Primeiro Black Hat

Keyword Stuffing: Nem sempre vale a pena tirar keywords da cartola...

O Black Hat de Keyword Stuffing ocorre basicamente quando o webdesigner ou profissional de SEO que está desenvolvendo o site propositalemente começa a encher o texto, a title tag, a meta description tag e todos os lugares possíveis de Keywords para que o dado texto ganhe mais “relevância” para os sistemas de busca. Essa “técnica de SEO” foi bastante empregada nos primeiros anos do Google quando com as primeiras versões do algoritmo do Googlebot ( que na época era bem falho ). Muitos inclusive consideram Keyword Stuffing como o primeiro black hat desenvolvido. O Keyword Stuffing nessa época foi usado com sucesso por muitos sites, pouco tempo depois ele se disseminou, ele começou a ser banalizado ( todos começaram a usar ) e esta técnica foi rodando pela internet e sendo usada por profissionais desonestos de otimização de sites até ser percebida pelo Google que corrigiu o algoritmo do Googlebot.

As Fronteiras do Keyword Stuffing

Para evitar o desenvolvimento de “Black Hats Avançados” o Google e grande parte das principais search engines, tem como política nunca revelar valores exatos e nem detalhes do núcleo das suas lógicas, por isso quantidade máxima de keywords que uma página pode ter ( que é uma pergunta que sempre chega aos nossos profissionais ) em porcentagem não pode ser afirmada com exatidão ( este valor está estimado entre 5% a 10% do total das palavras ).

A dica que damos para evitar cair nas fronteira do Keyword Stuffing é simples: faça o seu texto ter sentido para o usuário e priorize sempre a qualidade editorial. Lembre-se sempre: não é a quantidade de keywords presentes na sua title tag e na sua meta description que vai fazer o usuário clicar no seu site e sim o quanto elas estão bem escritas e o quanto elas são chamativas. Afinal de nada servem os sites se eles não forem construidos para dar uma boa experiência de navegação ao usuário. Trazer conteúdo único e de qualidade devem ser as suas prioridades e não editar o texto até elevar a densidade de keywords até 9% ou 10% ( imagine um texto onde 1 a cada 10 palavras é a palavra SEO por exemplo, não teria o menor sentido para quem lê ).

Algumas Técnicas de Keyword Stuffing ( recomendamos que você não as faça ! )

  • Textos Inchados: A técnica mais simples de Keyword Stuffing: consiste em editar o texto principal do site para que ele tenha o máximo possivel de keywords não ligando muito para o resultado final.
  • Meta Descriptions e Titles Spammados: Muitas vezes para não deixar claro que está ocorrendo o black hat, o desenvolvedor do site, spamma as keywords apenas no title e na meta description, deixando o corpo do site normal.
  • Keywords Invisíveis: Já é uma técnica um pouco mais avançada: consiste em escrever um conteúdo de texto normal para o usuário ler e esconder um texto cheio de keywords spammadas em algum lugar do site para que somente o crawler veja. Keywords invisíveis podem ser geradas escrevendo o texto em alguma div ou tabela que fique fora da área de exibição do browser ou então colocando texto da mesma cor do fundo do site.
  • Multiplos Conteúdos: Também na categoria das técnicas elaboradas: multiplos conteúdos consiste em exibir um conteúdo normal e bem escrito para o usuário e um conteúdo diferente cheio de keywords para o crawler, numa tentativa de “disfarçar” o black hat. Esta técnica é considerada um black hat mais sério, pois é uma tentativa deliberada de manipular os resultados. Se você quiser usa-la no seu site, saiba que se o Googlebot a detectar é punição do site na hora.
Sobre o Autor:
Autor
Mestre em Ciência e Tecnologia da Computação pela Universidade Federal de Itajubá, e fascinado pelo desenvolvimento em diversas tecnologias web. É possível encontrá-lo pelo Twitter, Facebook e Google+.

9 Comentários

  1. Rodrigo Vieira disse:

    Fiquei com vontade de usar essas dicas, só para conferir os resultados!!

  2. Lucas Souza disse:

    É Rodrigo, as vezes a gente fica tentado a fazer um Black Hat mesmo :P, mas fique esperto ( isso é serio ), o Google em especial dedica um tempo enorme desenvolvendo algoritmos anti-cheat… e se o seu site for punido uma vez pra ele voltar ( se ele voltar ) vai um bom tempo meu amigo.
    A gente vai iniciar agora uma série sobre os Black Hats, a gente fez uma reunião de pauta, dividiu os temas e cada consultor nosso vai pegar um.

  3. Marcos disse:

    Olá Lucas,

    Se for possível dar uma esclarecida ai.
    Uma página com uma palavra q tenha menos de 4% do total não há problemas com black?

    E tem diferança de keywords de 1, 2 ou 3 palavras, apenas como exemplo, em uma lista que repita os itens:

    (1) “Carros”
    (2) “Carros Usados”
    (3) “Carros Novos”

    (1) tem 3 vezes mais, posso ser punido para a palavra (1) e não ser para a palavra (2)?
    ou a punição em (1) vai afetar (2)?

    Devo ter cuidado com a %, em relação a keywords de 1 palavra, de duas e de três palavras? ou apenas uma?
    como mostra no SeoQuake ele separa “3 word phrase…etc…”, alias é uma analise confiavel?

    Desde já agradeço estou me aprofundando no assunto e não quero ter problemas 😉

    Obrigado

  4. Lucas Souza disse:

    Grande Marcos

    A densidade de Keywords de 4% está otima Marcos, não vai lhe causar mais problemas.

    Agora quanto as keywords: “Carros”, “Carros Usados” e “Carros Novos” cuidado !! o que você disse é o correto mais uma vez, em ambas as palavras-chave você tem o termo “Carros”, se você exagerar na citação destes 3 termos, mesmo eles sendo diferentes, você pode causar sim um caso de Black Hat de Keyword Stuffing. No caso Stuffing da palavra “Carros”.

    Qualquer outra dúvida só comentar meu amigo.

    Abraços !!

  5. Angelo disse:

    1. O problema é que as pessoas ao utilizarem o google sempre usam mais do que 2 palavras, no caso de meu texto esta falando de compra de carro eu deixaria de usar as keywords que tem no texto: “carro barato, carro economico, carro usado” para usar: “carro barato, economico, usado” duvido que no google seja a mesma qualidade de resultado.

    2. Quanto as palavras ficarem repetidas logicamente, tipo aparece ‘carro barato’ na title, depois na keyword e tambem na description?

  6. juarez disse:

    Dicas de 1ª, linkei pro meu blog, porque são muito relevantes, qualquer problema é só me contatar.
    Forte abraço ai pra todos do SEO.

  7. Lucas Souza disse:

    Fala Angelo!
    Realmente os motores de busca estão caminhando para a seriedade total da web. Porém tal migração é gradativa. Já verifiquei vários casos de keyword Stuffing em diversos sites bem ranqueados. Acredito que esta técnica Black Hat SEO ainda está em transição, e dependendo da variação de keywords a mesma se encontra como Gray Hat SEO. Porém, estes sites devem ficar atentos, para uma perda de posicionamento inesperado.

  8. Lucas Souza disse:

    Grande Juarez!
    Obrigado desde já pelo link! Estes são sempre bem vindos!
    Espero que volte sempre para acompanhar dicas frescas de SEO e Otimização de Sites!

  9. Acredito que não seja bom usar nenhuma dessas técnicas de back hat pois uma hora ou outra o Goole pega e aí já era…

Deixe o seu comentário!